domingo, 1 de junho de 2008

Não espere... William Shakespeare

Não espere um sorriso para ser gentil.
Não espere ser amado para amar.
Não espere ficar sozinho para reconhecer o valor de quem está ao seu lado.
Não espere ficar de luto para reconhecer quem hoje é importante em sua vida.
Não espere o melhor emprego para começar a trabalhar.
Não espere a queda para lembrar-se do conselho.
Não espere a enfermidade para perceber o quanto é frágil a vida.
Não espere pessoas perfeitas para então se apaixonar.
Não espere a mágoa para pedir perdão.
Não espere a separação para buscar a reconciliação.
Não espere a dor para acreditar em oração.
Não espere elogios para acreditar em si mesmo.
Não espere que o outro tome a iniciativa se você foi o culpado.
Não espere o "Eu te amo" - para dizer "Eu também".
Não espere o dia da sua morte para começar a amar a vida.
Eu aprendi que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espetacular.
William Shakespeare

3 comentários:

  1. muito bonito esse poema parabens por ter postado :D

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. tambem gosto muito desse poema. ele escrevia coisas lindas nao é mesmo?

      Excluir

Deixe aqui o seu comentário